Escolha a lâmpada correta e economize na conta de energia

0 Respostas

Lâmpadas são aliadas na hora de reduzir gastos com energia. A iluminação artificial é responsável por cerca de 20% do consumo total de uma residência, e escolher as lâmpadas certas pode fazer diferença na conta de energia. Veja as características dos três principais tipos disponíveis no mercado:

Incandescente

As lâmpadas incandescentes são as mais antigas no mercado, e inclusive alguns tipos já saíram de circulação. As de potência 60W, 100W, 150W e 200W já não são mais produzidas e vendidas no Brasil, e as de potência entre 25W e 40W estão previstas para deixarem de ser comercializadas em junho de 2016.

Apesar de ser um dos tipos mais baratos (o valor varia em cada região do país, mas, em média, raramente ultrapassa R$ 2) as lâmpadas incandescentes são as que mais consomem energia, sendo esse um dos motivos para a extinção delas no mercado nacional.

A vida útil dessas lâmpadas é menor quando comparada a outras opções: cerca de 1000 horas – ou, pouco mais de seis meses, se considerarmos que as lâmpadas ficam acesas 5 horas por dia.

Fluorescente compacta

Embora o preço inicial da fluorescente seja maior – em média R$5 a R$10 – a longo prazo os custos são compensados pela economia de energia decorrente da utilização desse modelo. Essas lâmpadas chegam a durar 8 mil horas, em média. Uma fluorescente com 15W equivale à incandescente de 60W, pois possui o mesmo pacote de iluminação.

LED (Light Emitting Diode)

Essas lâmpadas são mais eficientes e possuem vida útil média de 25 mil horas. Se ligadas durante 5 horas por dia, alcançam até 14 anos de uso em média. As lâmpadas LED são 80% mais econômicas do que uma lâmpada incandescente e 30% mais econômicas do que a fluorescente. Também são mais caras: o preço varia entre R$ 15 e R$ 100.

Se a ideia é gastar menos energia (e dinheiro), além de escolher as lâmpadas certas, não custa nada também revisar alguns hábitos de consumo. Para economizar:

• Habitue-se a apagar as lâmpadas dos ambientes desocupados.
• Evite acender qualquer lâmpada durante o dia, utilizando melhor a iluminação natural;
• As lâmpadas Led dão melhor resultado, duram mais e gastam menos energia;
• E lembre-se: lâmpadas de maior potência consomem mais energia.

Pontos de recarga elétrica já superam postos de combustível no JapãoEMPRESAS DE ENERGIAS RENOVÁVEIS VÃO CONTRATAR 340 MIL PESSOAS NO BRASIL

Share Your Thoughts

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *